OUÇA AQUI RÁDIO COMUNITÁRIA METAMORFOSE FM 104,9 - SÃO FRANCISCO DO OESTE /RN

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Mulher acha plástico em guaraná e Ambev é condenada a pagar R$ 4 mil

Garrafa-um-litro-retornável-Guaraná-AntarcticaA Justiça condenou a empresa de bebidas Ambev a pagar R$ 4 mil de indenização a uma guarda municipal de Piracicaba (SP) que diz ter encontrado um pedaço de plástico dentro de uma garrafa de refrigerante da marca Guaraná Antarctica. O fato ocorreu em 2012, segundo ela, e a ação judicial por danos morais corre desde janeiro deste ano em primeira instância. A empresa ainda pode recorrer da condenação.
O advogado da guarda municipal, Giovanni Bertazzoni, disse que a cliente comprou duas garrafas de vidro de um litro. “Ela bebeu a primeira com a família, sentiu que havia um sabor estranho e passou mal. Antes de beber a segunda garrafa, percebeu um saco plástico boiando e nem abriu”, afirmou. Bertazzoni disse ainda que a empresa ofereceu a troca do produto, mas a consumidora recusou por se sentir ofendida. “Ela se sentiu lesada.”
De acordo com a decisão judicial, a indenização serve para tentar inibir novas ocorrências similares na empresa e para punir uma falha na preparação do produto. A Ambev enviou uma nota por meio de assessoria de imprensa informando que não comentaria o caso específico, mas orientou os consumidores sobre como proceder quando houver reclamações:
“A Ambev informa que não comenta casos jurídicos em andamento. A empresa afirma que preza pela qualidade de todos os seus produtos e, por isso, mantém rigorosos processos de controle em todas as suas linhas de produção. Quando ocorre qualquer reclamação, o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) tem como procedimento padrão, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, substituir o produto para que o mesmo seja encaminhado para análise técnica”.
Portal do Consumidor