quarta-feira, 7 de junho de 2017

FOTO: Temer no dia do impeachment de Dilma: de três aliados, dois estão presos

O GLOBO
A prisão do ex-ministro Henrique Eduardo Alves nesta terça-feira levou para a cadeira mais um dos aliados mais próximos do presidente Michel Temer, justamente num dia decisivo para sua permanência presidência da República, com o início do julgamento no TSE que pode resultar na sua cassação.
A foto acima foi feita em 17 abril de 2016, um domingo também decisivo na história republicana brasileira, quando a Câmara dos Deputados aprovou a admissibilidade do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. O então vice-presidente Temer assistia à sessão ladeado por três aliados, todos, assim como o próprio presidente, enrolados com a Justiça: à sua esquerda, o ministro Eliseu Padilha, que responde a inquéritos no Supremo Tirbunal Federal (STF).
Os outros dois que dividiam o sofá com Temer estão atualmente na cadeia: além de Henrique Eduardo Alves, o ex-deputado ex-assessor do Palácio do Planalto Rodrigo Rocha Loures também assistiu à derrocada de Dilma na companhia de seu sucessor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário