quarta-feira, 26 de julho de 2017

Secretário de obras reconhece: “Natal está toda esburacada”

POR AGORA RN
A avenida Prudente de Morais vai passar por um recapeamento nos próximos dias com o intuito de melhorar a vida dos motoristas que trafegam pelo local. Em entrevista concedida ao Agora Jornal, o secretário municipal de Obras e Infraestrutra (Semov), Tomaz Neto, detalhou o projeto e explicou o que se tem feito para resolver o problema de uma cidade que ele admite estar “toda esburacada”.
“Pleiteamos junto aos Ministério das Cidades recursos da ordem de R$ 24 milhões para recapear 81 avenidas e ruas de Natal. A cidade está toda esburacada, e na situação em que ela se encontra só o recapeamento vai resolver os problemas e dar melhor conforto às pessoas que vão transitar por essas avenidas, principalmente através de transporte coletivo, que está sendo priorizado”, disse.
Segundo Tomaz Neto explica, o recapeamento da Avenida Prudente Morais foi iniciado com recursos próprios da prefeitura de Natal, e vai contemplar o trecho da Prudente compreendido entre a Rua Mossoró e Avenida Alexandrino de Alencar, o qual ele considera ser “a pior parte da avenida”. O prazo para conclusão das obras é 30 dias. Tomaz Neto acredita que a equipe da Semov será capaz de conseguir finalizar os trabalhos até antes do prazo estipulado, mas vai depender da ação do inverno.
O orçamento da obra, por sua vez, foi demarcado em R$ 1,26 milhão. Das empresas que participaram da licitação, venceu a Construtora Esse Engenharia. A obra em si consiste na reconstrução de meios-fios quebrados em toda a extensão do trecho da avenida, e na suspensão das tampas para Boca de Lobo e de poço de visita do esgoto. “O intuito é deixá-los nivelados com asfalto, para não ficar aquele pequeno batente que muito incomoda as pessoas”.
Tomaz Neto revelou que a Semov pediu, junto ao Ministério das Cidades, recursos para auxiliar nas obras. A resposta obtida foi que “o orçamento geral da união não tem recursos, e se quiser vamos ter que pegar empréstimo do FGTS”. Nesta quarta-feira 26, serão abertas inscrições para um financiamento oferecido pelo governo federal às prefeituras. A condição para que isso seja possível é que a prefeitura esteja em condições de pagar o empréstimo.
O secretário de Obras e Infraestrutura se mostrou na expectativa de que os trabalhos possam ser concluídos com sucesso. “Na situação em que hoje se encontram essas vias, se conseguirmos fazer o recapeamento de uma avenida como a Prudente de Morais, devolveremos à comunidade o conforto de transitar sem cair em buracos. A operação de tapa buraco está prevista para ser retomada em agosto, porque estou finalizando as licitações de tapa buraco até o final de julho, por isso ainda não retomamos. Outra coisa que nos ajuda é se parar de chover – parando de chover, retomaremos as obras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário