OUÇA AQUI RÁDIO COMUNITÁRIA METAMORFOSE FM 104,9 - SÃO FRANCISCO DO OESTE /RN

sexta-feira, 16 de março de 2018

Sai condenação do paraibano que matou o vaqueiro caicoense Mário do Manhoso

O Tribunal do Júri, reunido em Jardim de Piranhas na tarde dessa quinta feira, 15 de março, condenou a 12 anos; 4 meses e 15 dias de reclusão, o paraibano Edison Teixeira da Silva, autor do crime que tirou a vida do vaqueiro caicoense, Mário Pacífico ou Mário do Manhoso, fato ocorrido no dia 10 de janeiro de 2015.
À época do crime, Mário teria ido ao sítio em que Edilson Teixeira trabalhava para cobrar uma dívida, a qual recusou-se a pagar. Mário teria avisado ao criminoso que ia ao seu encontro, feito isto, ao chegar, foi covardemente morto pelo paraibano, que apareceu de repente com uma arma de fogo em punho e se pôs a atirar. 
Na época, logo após o crime, a irmã de Mário, Ezilda Melo, que é Professora Universitária, Mestra em Direito Público pela UFBA. Especialista em Direito Público pelo Curso JusPodivm, Graduada em Direito pela UEPB e em História pela UFCG, iniciou uma luta por justiça, que incluiu entrevistas em rádios e blogs da região.
JAIR SAMPAIO