domingo, 13 de maio de 2018

Ministro diz que mais de 80% do estoque de vacinas foram distribuídos

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
O ministro da Saúde, Gilberto Occhi, disse ontem (12) que a pasta já entregou mais de 80% do estoque de 60 milhões vacinas contra a gripe em todo país. No dia de mobilização nacional contra a gripe, o chamado Dia D, mais de 65 mil pontos de vacinação atuarão em todo território nacional para imunizar o público-alvo da campanha.
“A vacina da gripe é o que vai combater, evitar, que tenhamos internações, complicações e às vezes alguns óbitos, como já ocorreram em função da gripe e do vírus H1N1”, disse o ministro da Saúde. “A vacina é segura, pois é feita com o vírus inativado, tendo poucos efeitos adversos”.
No Distrito Federal, a expectativa é vacinar 700 mil pessoas. Segundo a Secretaria de Saúde do DF, 104 salas de vacina estão abertas. A expectativa é imunizar pelo menos 150 mil pessoas ao longo do dia. “Quase 60% da população do Distrito Federal já está vacinada e a gente espera chegar perto 80% hoje. A gente faz um apelo para que as mães tragam as crianças para vacinar porque a gripe pode ser evitada e a forma de evitar é através da vacina”, ressaltou o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.
Na manhã deste sábado (12), os postos de saúde visitados pela reportagem da Agência Brasil registraram poucas filas. Para o aposentado Gennes Rocha, de 90 anos, a imunização é fundamental para garantir que saúde permaneça durante o período de inverno na capital federal. “Prefiro usar meu tempo acessando a internet do que em hospitais. Então, todo ano eu tomo a vacina contra a gripe para evitar doenças”, contou.
A dona de casa Maria José Silva, de 45 anos, não está inserida no público-alvo, mas esteve no posto de saúde para levar sua filha Ana Clara, de 3 anos, para se vacinar. “Aproveitamos o dia D para que ela pudesse se vacinar perto de casa e não esperamos nem cinco minutos para receber a dose da vacina”, disse Maria José.

Nenhum comentário:

Postar um comentário