Suspeito de tentar matar casal em Apodi foi preso com outras 03 pessoas em Mossoró

Policiais Civis da Divisão de Polícia do Oeste (DIVIPOE), sob o comando do delegado Renato Oliveira prenderam nesta tarde de terça feira 22 de maio de 2018, Iranildo de Sousa Oliveira, o "Queixinho" principal suspeito de ter tentado contra a vida do casal Fabiana Nunes, de 31 anos,e Antônio Cledno Bezerra de Lima,o Guegão de 28 anos crime ocorrido no dia 05 desse mês dentro de um cabaré na cidade de Apodi,no Rio Grande do Norte quando na oportunidade a mulher ficou paraplégica.
De acordo com o delegado Renato Oliveira,Queixinho,é tido como um criminoso de alta periculosidade,é membro da facção criminosa Sindicato do crime e vinha sendo procurado pela Polícia.
Outras três pessoas,identificadas como,Fábio Gledson da Silva Medeiros,Everton de Sousa Gomes e Antônio Edilson de Araújo Santos,que estavam com Queixinho,em um veículo Chevrolet Onix branco com placas de Belo Horizonte/MG, também foram presos.
Segundo Renato Oliveira,os quatro homens estavam na região do Pirrichil e tentaram fugir de uma abordagem da equipe da Divipoe e no momento da prisão, Iranildo de Souza, portava uma pistola 45,de uso restrito das forças armadas. 
Todos foram conduzidos a sede da Divipoe e apresentados ao delegado Renato Oliveira que após ouvi-los adotou as medidas cabíveis.
Queixinho foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso não permitido e por formação de quadrilha armada juntamento com os demais presos.
Os quatro foram encaminhados à Cadeia Pública de Mossoró, onde ficarão a disposição da Justiça.
PASSANDO NA HORA

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boas chuvas criam expectativa de 4ª sangria da Santa Cruz, em Apodi, no RN

JOVEM DE MARCELINO VIEIRA, NO RN FOI MORTA PELO MARIDO EM SÃO PAULO

Grave acidente na BR-405 entre Riacho de Santana e José da Penha foi registrado nesta manhã de segunda-feira