terça-feira, 25 de setembro de 2018

Prefeito de São Francisco do Oeste antecipa pagamento dos 50% finais do 13º salário dos servidores efetivos e paga os 50% iniciais dos servidores contratados dos FUNDEB 60% e 40% da Rede Municipal de Ensino

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

O prefeito Lusimar Porfirio, ontem 24 de setembro, autorizou a Secretaria Municipal de Finanças, Orçamento e Tributação a realizar o pagamento do 13º salário de parte dos servidores municipais de São Francisco do Oeste. A gratificação natalina como é mais conhecida foi antecipada aos servidores que são vinculados aos 60% e 40% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB. O anúncio foi feito pelo prefeito e sua equipe em reunião que aconteceu na Prefeitura nesta segunda-feira (24).
Em meados de junho deste ano os servidores efetivos já haviam recebido 50% do décimo terceiro e hoje estão recebendo a parcela final referente a gratificação. Além disso, foram creditados os primeiros 50% do décimo terceiro a todos os contratados dos FUNDEB 60% e 40%, onde em dezembro receberão os outros 50% da parcela final junto com o salário do mês de dezembro, fato inédito para os contratados da classe que nunca receberam o benefício em gestões anteriores.
Segundo o Secretário de Finanças, Túlio Victor, o município hoje injetou na economia local um montante de aproximadamente R$ 70 mil reais, o que aquece a economia fortalecendo o comércio varejista que espera um aumento significativo nas vendas sempre no pagamento do décimo terceiro.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Styvenson vai a lançamento da campanha contra a corrupção”


O Capitão Styvenson (REDE) foi o único candidato a senador do Rio Grande do Norte a participar do lançamento da campanha “Unidos contra a Corrupção”, proposta pela Associação dos Magistrados do Rio Grande do Norte (AMARN), pelo Movimento Articulado contra a Corrupção (MARCCO/RN), pela Associação do Ministério Público (AMPERN) e pelo Ministério Público Federal (MPF/RN), em parceria com a ONG Transparência Internacional Brasil, nesta segunda-feira (24), em Natal.
“Fiz questão de participar, porque é um dos temas que defendo, para limpar o país desta infecção que é a corrupção. Falei sobre como é entrar na política de forma justa, limpa e honesta. Como é passar pelo que estou passando e o que penso para o Senado Federal”, declarou Styvenson.
O lançamento ocorreu em uma mesa redonda no Centro Universitário do Rio Grande do Norte (UNI-RN), que contou com a presença de Ana Luiza Aranha, consultora do Centro de Conhecimento Anticorrupção da Transparência Internacional Brasil e representantes das instituições parceiras: o juiz Herval Sampaio, presidente da AMARN; os coordenadores do MARCCO/RN Antônio Ed Santana e Carlos José Cavalcanti Lima; o Procurador de Justiça e presidente da AMPERN, Fernando Vasconcelos; e os procuradores da República Fernando Rocha e Cibele Benevides. 
O objetivo da campanha é buscar o apoio e a mobilização da sociedade civil para conscientizar governos e empresas acerca das melhores práticas globais de transparência e integridade no combate à corrupção, que gera injustiças e desigualdades sociais.
A partir da compilação das melhores práticas nacionais e internacionais e da colaboração de vários setores da sociedade brasileira, construiu-se o maior pacote anticorrupção já desenvolvido no mundo. Trata-se de uma plataforma de propostas de reforma legislativa, administrativa e institucional, com o objetivo de promover um debate público orientado às causas sistêmicas da corrupção e de oferecer soluções permanentes para o seu enfrentamento no longo prazo. Esta iniciativa culminou na criação de um pacote com 70 medidas, incluindo anteprojetos de lei, propostas de emenda à Constituição, projetos de resolução e outras normas voltadas ao controle da corrupção divididos em 12 blocos.
JAIR SAMPAIO

Mais da metade dos candidatos faltam em prova de concurso da Polícia Militar do RN

Mais da metade dos candidatos inscritos no concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte faltou à prova que aconteceu neste domingo (23).
De acordo com o Ibade, banca organizadora do concurso, 60% dos concorrentes não compareceram à prova.
O concurso registrou 12.841 inscritos para mil vagas de praças da PM. As provas aconteceram em Natal, Mossoró e Caicó e, de acordo com o Ibade, “a aplicação ocorreu com tranquilidade e dentro da normalidade esperada, sem ocorrências”.
A divulgação das notas das provas objetivas está prevista para 17 de outubro.
Os aprovados em todas as etapas do concurso só devem ingressar na Polícia Militar em 2019. O curso de formação demora 10 meses. O déficit no efetivo, segundo a PM, é de cinco mil policiais.
* Assis Silva via G1 RN

Assaltante de alta periculosidade morre em confronto com a polícia durante assalto em Assu

O assaltante Daniel Alves Pereira, do Alto São Manoel da cidade de Mossoró, foi um dos assaltantes morto em confronto com a polícia do 10º BPM durante um assalto na residência do comerciante Batista Guilherme em Assu.
Daniel esta de colete e era apontado com um dos assaltantes responsável por diversos assalto em residências, posto de gasolina, supermercados, entre outros delitos na cidade de Assu e zona rural, causando terror as suas vítimas, mais sempre conseguia escapar das garras da polícia.

Desta vez, Daniel se deparou com várias viaturas sob o comando do Coronel Assis Santos, logo após deixar a residência de sua última vítima, houve troca de tiros e o assaltante foi baleado, os próprios policiais ainda prestaram socorro a vítima para o hospital de Assu, mais já chegou sem vida na unidade hospitalar.

Parabéns a todos os guerreiros do 10º BPM, mais uma ação louvável e de bastante coragem, esta é a nossa polícia militar e a nossa polícia civil, ambos protegendo os cidadãos de bem. Parabéns.

As buscas continuam, a polícia procura o resto do bando de Daniel.

https://www.focoelho.com/

PESQUISA SETA/BLOGDOBG 2º TURNO: Fátima tem 36% contra 19% de Carlos Eduardo

A candidata do PT, Fátima Bezerra, venceria o candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves, em segundo turno nos quais os dois estivessem, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Fátima teria 36% contra 19% de Carlos Eduardo Alves
Ninguém, brancos e nulos são 40% e 5% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG 2º TURNO: Fátima tem 39% contra 13% de Robinson

A candidata do PT, Fátima Bezerra, venceria o candidato do PSD, governador Robinson Faria, em segundo turno nos quais os dois estivessem, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Fátima teria 39% contra 13% de Robinson
Ninguém, brancos e nulos são 43% e 5% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG GOVERNO ESTIMULADA: Fátima tem 30%, Carlos Eduardo, 16% e Robinson, 10%

A senadora Fátima Bezerra lidera a corrida pela Governo do Estado com 30% das intenções de votos, segundo levantamento estimulado do Instituto Seta encomendado pelo BlogdoBG.
Carlos Eduardo Alves tem 16% e Robinon Faria marcou 10%.
Professor Carlos Alberto e Breno Queiroga têm 1% cada. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.
Ninguém, brancos e nulos são 34% e 7% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG GOVERNO ESPONTÂNEA: Fátima tem 21%, Carlos Eduardo, 9% e Robinson, 6%

A senadora Fátima Bezerra tem 21% das citações espontâneas na corrida pelo Governo do Estado, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Carlos Eduardo Alves tem 9% e Robinson Faria marcou 6%. Outros candidatos não pontuaram acima de um ponto percentual
Ninguém, brancos e nulos são 32% e 30% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG REJEIÇÃO GOVERNO: Robinson é rejeitado por 28%, Fátima, por 12% e Carlos Eduardo, por 8%

O governador Robinson Faria é rejeitado por 28% dos eleitores do Rio Grande do Norte, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Fátima Bezerra, com 12%, e Carlos Eduardo Alves, com 8%, aparecem na sequência, em cenário onde Breno Queiroga pontuou com 2%.
Os demais não marcaram acima de um ponto percentual.
Ninguém, brancos e nulos são 26% e 21% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG GOVERNO SENADO SOMA TOTAL: Styvenson tem 22%, Zenaide, 17%, Geraldo Melo, 15% e Garibaldi, 14%

O capitão Styvenson Valentim tem 22% das intenções de voto para o Senado e lidera a corrida pelo posto no Rio Grande do Norte, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Zenaide Maia, com 17%, Geraldo Melo, marcando 15%, e Garibaldi Alves, com 14%, aparecem logo atrás.
Antônio Jácome tem 7%, Magnólia Figueiredo marcou 2% e Alexandre Motta tem 1%. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.
Ninguém, brancos e nulos são 71% e 48% não souberam ou não quiseram responder.
Nesse cenário, o total corresponde a 200%, método que o TSE usa para computar a soma total do primeiro e segundo votos para o Senado.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG SENADO 1º VOTO: Styvneson tem 17%, Zenaide, 12%, Garibaldi, 11% e Geraldo Melo, 10%

O capitão Styvenson tem 17% das preferências dos eleitores como o nome mais lembrado para primeiro voto para Senado, indica pesquisa Seta/BlogdoBG.
Zenaide Maia (12%), Garibaldi Alves (11%) e Geraldo Melo (10%) aparecem logo atrás.
Antônio Jácome tem 5% nesse cenário e Magnólia Figueiredo marcou 1%. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.
Ninguém, brancos e nulos são 32% e 9% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA SETA/BLOGDOBG SENADO 1º VOTO ESPONTÂNEA: Styvenson tem 10%, Geraldo e Zenaide, 7% cada, e Garibaldi, 5%

O capitão Styvenson é o nome mais lembrado espontaneamente para o primeiro voto para o Senado, com 10% de intenções de votos.
Depois dele, Geraldo Melo e Zenaide Maia têm 7% cada. Garibaldi Alves marcou 5% e Jácome ficou com 2%. Os demais não pontuaram acima de um ponto percentual.
Ninguém, brancos e nulos são 35% e 33% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa tem margem de erro de 3% para mais ou para menos. Foram ouvidas 1.300 pessoas entre os dias 16 e 18 de setembro em todas as regiões do Estado. O índice de confiabilidade é de 95%. Ela foi registrada sob os protocolos RN-01821/2018 e BR-00659/2018.

PESQUISA IBOPE ESTIMULADA: Bolsonaro, 28%; Haddad, 22%; Ciro, 11%; Alckmin, 8%; Marina, 5%

O Ibope divulgou nesta segunda-feira (24) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Nela, Jair Bolsonaro mantém a liderança abrindo 6 pontos percentuais para Fernando Haddad.
Os resultados foram os seguintes:
Jair Bolsonaro (PSL): 28%
Fernando Haddad (PT): 22%
Ciro Gomes (PDT): 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (Rede): 5%
João Amoêdo (Novo): 3%
Alvaro Dias (Podemos): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Cabo Daciolo (Patriota): 0%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%
Branco/nulos: 12%
Não sabe/não respondeu: 6%

Sobre a pesquisa
A coleta dos dados foi feita entre os dias 22 e 23 de setembro 2.506 eleitores em 178 municípios. A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo O Estado de S. Paulo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-06630/2018. Ela foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e grau de confiança de 95%.

PESQUISA IBOPE EVOLUÇÃO: Em uma semana, Haddad cresce 3%; Bolsonaro e Ciro se mantêm; Alckimin cresce 1%; Marina cai 1%

A pesquisa Ibope sobre a corrida presidencial ano divulgada nesta segunda-feira (24) também fez uma análise da evolução dos votos em comparação a uma semana atrás. Nessa, Fernando Haddad cresceu 3%, ou seja 1% fora da margem de erro; Jair Bolsonaro e Ciro Gomes se mantiveram com os mesmos percentuais de 28% e 11%, respectivamente; Geraldo Alckimin cresceu 1% dentro da margem de erro; e Marina caiu 1%, também dentro da margem de erro.
No comparativo dos números:
Jair Bolsonaro se manteve com 28%;
Haddad foi de 19% para 22%;
Ciro se manteve com 11%;
Jair Bolsonaro se manteve com 28%;
Haddad foi de 19% para 22%;
Ciro se manteve com 11%;
Alckmin foi de 7% para 8%;
Marina passou de 6% para 5%;
Os indecisos foram de 7% para 6% e os brancos ou nulos, de 14% para 12%.
Sobre a pesquisa
A coleta dos dados foi feita entre os dias 22 e 23 de setembro 2.506 eleitores em 178 municípios. A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo O Estado de S. Paulo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-06630/2018. Ela foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e grau de confiança de 95%.

PESQUISA IBOPE REJEIÇÃO: Bolsonaro tem 46%; Haddad, 30%; Marina, 25%; Alckmin, 20%; Ciro, 18%

A pesquisa Ibope também analisou a rejeição dos candidatos, ou seja, aquele em que o eleitor não votaria de maneira alguma para presidente da República. Neste levantamento, portanto, os entrevistados podem citar mais de um candidato. Por isso, os resultados somam mais de 100%.
Confira os números da rejeição
Bolsonaro: 46%
Haddad: 30%
Marina: 25%
Alckmin: 20%
Ciro: 18%
Meirelles: 11%
Cabo Daciolo: 11%
Eymael: 11%
Boulos: 11%
Vera: 10%
Alvaro Dias: 9%
Amoêdo: 9%
João Goulart Filho: 9%
Poderia votar em todos: 2%
Não sabe/não respondeu: 7%

Sobre a pesquisa
A coleta dos dados foi feita entre os dias 22 e 23 de setembro 2.506 eleitores em 178 municípios. A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo O Estado de S. Paulo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-06630/2018. Ela foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e grau de confiança de 95%.

PESQUISA IBOPE 2º TURNO: Bolsonaro empata com Marina e perde para Haddad, Ciro e Alckimin

A pesquisa Ibope também analisou os possíveis cenários de segundo turno na disputa presidencial. Todas elas envolvendo o candidato Jair Bolsonaro, que é líder isolado em todas as pesquisas. Nessas análises, o candidato perde para Fernando Haddad, para Ciro Gomes e para Geraldo Alckimin. Bolsonaro ainda empata com Marina Silva.
Confira os números para o segundo turno
Haddad 43% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)
Ciro 46% x 35% Bolsonaro (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)
Alckmin 41% x 36% Bolsonaro (branco/nulo: 20%; não sabe: 4%)
Bolsonaro 39% x 39% Marina (branco/nulo: 19%; não sabe: 4%)

Sobre a pesquisa
A coleta dos dados foi feita entre os dias 22 e 23 de setembro 2.506 eleitores em 178 municípios. A pesquisa Ibope foi encomendada pela TV Globo e pelo O Estado de S. Paulo e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-06630/2018. Ela foi calculada com margem de erro 2% para mais ou para menos e grau de confiança de 95%.

Lei da Ficha Limpa retira 173 candidatos das eleições de outubro

Dos 29.101 candidatos que pediram registro, a Justiça Eleitoral rejeitou 1.888, o que representa 6,5% do total. Segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 173 candidatos foram julgados inaptos por causa da Lei da Ficha Limpa, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disputaria o Palácio do Planalto pelo PT.
A falta de requisitos para registro – como a não comprovação de pleno exercício dos direitos políticos, alistamento eleitoral e filiação partidária – foi o principal motivo para indeferimento de candidaturas – 75,46% do total de pedidos. Treze candidatos foram considerados inaptos a disputar as eleições por abuso de poder e outros cinco por gasto ilícito de recursos.
A Justiça Eleitoral confirmou 27.213 candidaturas, um crescimento de 4% em relação a 2014, quando 26.162 disputaram as eleições gerais – presidente, governador, senador, deputado federal, estadual e distrital. Até agora, 682 candidatos renunciaram e três morreram.
Embora a corrida presidencial seja a mais discutida no país, a eleição para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) é a mais disputada: são 40,88 candidatos por vaga. A Câmara Legislativa tem 24 cadeiras e se apresentaram 981 concorrentes.
As 26 assembleias legislativas têm 1.035 cadeiras e 17.950 candidatos, o que dá em média 17,34 concorrentes por vaga. Para as 513 vagas na Câmara dos Deputados, são 8.595 postulantes (16,75 por vaga).
Do total de candidatos, 13 disputam a Presidência da República, 202 concorrem a governador dos 26 estados e do Distrito Federal e 358 postulam o Senado. Neste ano, estão em disputa duas cadeiras de senador por estado, totalizando 54 vagas.
O PSL foi o partido que lançou o maior número de candidatos país afora – 1.543, 5,3% do total. Além do presidenciável Jair Bolsonaro, 942 concorrem a deputado estadual, 488 a deputado federal, 24 a deputado distrital, 22 a senador, 14 a governador, 11 a vice-governador e 41 a suplente de senador.
Na sequência vêm o PSOL, com 1.347 concorrentes e o PT, com 1.309 candidatos. Além do presidenciável Guilherme Boulos, o PSOL lançou candidatos a governador em 25 estados. O PT tem candidato a presidente, Fernando Haddad, e disputa 16 governos estaduais.
Agência Brasil

Medida Provisória transfere 3,8 mil imóveis do INSS para a União

Cerca de 3,8 mil imóveis do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) serão transferidos para a União e passarão a ser administrados pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU) do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. A determinação está na Medida Provisória (MP) nº 852, publicada hoje (24) no Diário Oficial da União. A MP também extingue o Fundo Contingente da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA), liberando cerca de R$ 1,4 bilhão em imóveis da rede que poderão ser alienados e destinados pela SPU.
A transferência desses imóveis não operacionais do INSS, que até então eram parte do Fundo do Regime Geral de Previdência Social (FRGPS), auxiliará na redução do déficit previdenciário, com a amortização das dívidas do fundo com o Tesouro Nacional. Há estimativas de que o valor desses imóveis ultrapasse R$ 6 bilhões.
Em relação à RFFSA, fica extinto o Fundo Contingente da rede, constituído por recebíveis decorrentes dos contratos de arrendamento das malhas ferroviárias e do produto de venda dos imóveis. Com a extinção, ficam liberados R$ 1,4 bilhão em imóveis que poderão ser alienados, doados ou cedidos pela SPU. O objetivo, segundo o governo, é dar mais agilidade à administração desses bens, destinando-os a obras de infraestrutura, saúde e educação em municípios e a programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida.
Agência Brasil

Barroso libera para julgamento ação sobre cancelamento de títulos

Foto: Carlos Moura/SCO/STF
O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso liberou hoje (24) para julgamento o pedido liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento dos títulos de eleitores que não realizaram o cadastramento por biometria em todo o país. O caso pode ser julgado nesta quarta-feira (26) pelo plenário da Corte, mas ainda não foi confirmado na pauta de julgamentos.
Na ação, a legenda sustenta que as resoluções do TSE que disciplinaram o cancelamento do título como penalidade ao eleitor que não realizou o cadastro biométrico obrigatório dentro do prazo são inconstitucionais, porque resultaram no indevido cerceamento do direito de votar.
Na avaliação do partido, “tudo indica que a maioria dos eleitores privados do direito ao voto é de cidadãos humildes” e que não tiveram acesso à informação para cumprir a formalidade.
No processo, a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou contra a ação por entender que para ter direito ao voto, preceito fundamental previsto na Constituição, o alistamento dos eleitores deve ser obrigatório.
“O sufrágio universal depende tanto do voto universal quanto do alistamento eleitoral hígido. Não se pode relativizar um a propósito de permitir o outro sem lesar o sufrágio universal, a democracia e a Constituição”, argumentou a PGR.

Em entrevista, Bolsonaro refuta apoio do Centrão em caso de vitória

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) refutou, em entrevista concedida à rádio Jovem Pan no hospital Albert Einstein, nesta segunda-feira, se aliar, caso seja eleito, ao Centrão, bloco partidário formado por DEM, PP, PR, PRB e Solidariedade e que hoje apoia o seu adversário, Geraldo Alckmin (PSDB). O capitão reformado do Exército está internado desde que sofreu um atentado a faca em Juiz de Fora (MG) durante ato de campanha.
Questionado sobre qual seria o critério para definir sua base aliada, o presidenciável negou que aceitará indicações políticas. ”Não, não vai existir isso aí”, disse. ”Não será esse o critério, será a competência.” Para ele, ser contra as indicações políticas representa uma maneira “de buscar o resgate da credibilidade”, o que não significa que não irá dialogar com o Congresso. “Não é que eu vou dar as costas para o Parlamento”, afirmou.
Bolsonaro citou, ainda, o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS), um dos aliados do presidenciável nesta campanha, como possível nome para a Casa Civil. “O Onyx Lorenzoni, por exemplo, no meu entender, seria um excelente chefe da Casa Civil. Mas não é indicação partidária, é mérito dele.’.
Em relações às projeções para as eleições do próximo dia 27, o candidato do PSL disse que a expectativa de seu partido é eleger cerca de 30 candidatos. “Vou pedir para não votar no 17, mas para votar no candidato do partido, porque tem uma cláusula de barreira”, defendeu. “Se não atingir a cláusula, não toma posse”, completou.
Sobre a corrida ao Palácio do Planalto, o capitão reformado do Exército disse se considerar o “remédio” ideal para o cenário atual do país. “Posso não ser o ideal, mas acho que o remédio para o momento, tendo em vista os demais candidatos que estão aí, sou eu. Não teria outro remédio nesse momento”, disse.
Atentado e investigação

Bolsonaro não acredita que Adélio Bispo de Oliveira, autor do ataque contra ele, tenha agido sozinho em Juiz de Fora. “Ele não é tão inteligente assim, não. Em um ato como aquele, a tendência é que ele fosse linchado. Ele foi para cumprir a missão”, disse. O presidenciável negou que tenha visto o rosto de Adélio e reafirmou que, em um primeiro momento, imaginou que tivesse tomado um soco ou uma pedrada na região do abdômen.

O capitão reformado do Exército aproveitou a oportunidade para criticar as investigações do caso. “Pelo que ouvi dizer, não tenho certeza ainda, é que a Polícia Civil de Juiz de Fora está bem mais avançada que a Polícia Federal”, declarou. “O depoimento que vi do delegado da PF que está conduzindo o caso realmente é um depoimento para abafar o caso. Lamento o que ouvi ele falando, dá a entender até que age, em parte, como uma defesa do criminoso (Adélio Bispo). Isso não pode acontecer. Não quero que inventem um responsável, longe disso”, lamentou.
Questionado sobre que tipo de punição deveria ser aplicada ao agressor, Bolsonaro foi taxativo. “É uma tentativa de homicídio, não é? Tem que ser o que está na lei. No Brasil, não existe pena acima de 30 anos. Tentativa de homicídio, ou seja, eu estou vivo por um milagre. Por que a pena dele tem que ser abaixo da de um homicídio em si?”, questionou.
Bolsonaro negou que tenha sido vítima de um discurso de ódio que ele supostamente ajudaria a disseminar. “É exatamente o contrário, eu sou vítima daquilo que combato. Costumo dizer em minhas máximas, eu prefiro a cadeia cheia de vagabundos do que o cemitério cheio de inocentes”, rebateu.

Veja

segunda-feira, 24 de setembro de 2018

Homem é preso ao arrombar supermercado em Rosas dos Ventos

Um homem foi preso nas primeiras horas da madrugada desta segunda-feira (24) ao arrombar a parede de um supermercado, no bairro de Rosas dos Ventos, em Parnamirim. Tony de Campos Silva, 27 anos, residente no estado do Mato Grosso, foi surpreendido pela Polícia Militar e com ele foi apreendido várias ferramentas. 
Ele foi conduzido à Delegacia de Plantão da Polícia Civil e ficará à disposição da Justiça.
PARNAMIRIM AGORA

Homem é encontrado morto dentro de carro na Zona Norte de Natal

É possível ver a marca de uma perfuração no para-brisa do veículo — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
É possível ver a marca de uma perfuração
 no para-brisa do veículo
 Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Um homem foi encontrado morto dentro de um carro no início da manhã desta segunda-feira (24) no bairro Igapó, na Zona Norte de Natal. O veículo é um Fox branco, e tem uma perfuração no para-brisa.

O carro estava em movimento quando houve o disparo, tanto que o veículo saiu da pista e bateu na mureta de uma placa de publicidade de um posto de combustíveis que fica na rua Presidente Médici.
A Polícia Militar acredita que o tiro foi disparado de dentro para fora do veículo.

* G1-RN

Agricultor morre em acidente envolvendo duas motos e um carro na RN 117 em Paraná-RN


O agricultor José Osinildo Duarte de Andrade, de 31 anos morreu em um acidente envolvendo um carro e duas motos por volta das 04h30 deste domingo(23), na rodovia estadual RN 117, trecho que liga Paraná a Tenente Ananias, alto oeste potiguar.

Chico de Ana Fortunato como era conhecido a vítima ainda foi socorrido para UBS local e em seguida transferido, não resistindo deu entrada no Hospital Regional de Pau dos Ferros já sem vida. 

A outra vítima José Jucimar da Costa, 42 anos, conhecido como Daniel de Zé de Zé Elias sofreu fraturas no membro superior e inferior esquerdo, após receber os primeiros atendimentos foi transferido e posteriormente, submetido a uma intervenção cirúrgica e se encontra em recuperação em um dos leitos do HRCCA em Pau dos Ferros-RN. 

De acordo com as informações populares, os três seguiam no mesmo sentido pela rodovia em direção a Caiçara, quando a motocicleta Honda Fan de cor vermelha pilotada por Chico colidiu na lateral do veículo Punto de cor branca e Daniel que vinha em seguida colidiu na traseira do carro.

No Punto além do motorista que não se feriu, vinha mais três ocupantes e uma jovem sofreu fermentos leves.

Após o sinistro o condutor do veículo foi a sua casa, comunicou o ocorrido aos familiares para providenciar o socorro às vítimas. 

Uma equipe do 4º DPRE compareceu ao local para confecção do BAT e um inquérito policial será instaurado para apurar as causas do sinistro.

Nosso Paraná 

Comerciante morre vítima de acidente na cidade de Ipanguaçu


Na noite deste domingo, 23 de setembro por volta das 18hs aconteceu um acidente com vítima fatal no centro da cidade de Ipanguaçu.
Segundo informações, a vítima por nome “Tasso” teria sido colhido por uma motocicleta, populares informaram que um motociclista teria passado em alta velocidade por uma lombada e Tasso passava no local e foi atingido pela moto tendo morte no local.

https://www.focoelho.com/

Homem é preso com CNH falsa e motocicleta adulterada na BR-101 em Parnamirim


A Polícia Rodoviária Federal prendeu no final da tarde deste domingo (23), no perímetro urbano da BR-101, em Parnamirim, o condutor de uma motocicleta, por portar documento falso e conduzir veículo com os sinais de identificação adulterados.

Durante a abordagem, os policiais desconfiaram da autenticidade da Carteira Nacional de Habilitação – CNH apresentada pelo condutor. Após consultas, verificou-se que o documento era falso e estava em nome de uma outra pessoa.

O nome verdadeiro do condutor era outro, um homem de 30 anos, natural de São Paulo/SP, que já responde pelo crime de falsidade ideológica. Dando sequência à fiscalização, os policiais constataram ainda que a motocicleta apresentava sinais de adulteração no número do motor e do chassi.

Diante dos fatos, o acusado foi preso e conduzido com a motocicleta para a Central de Flagrantes em Natal.

https://www.focoelho.com/