segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Grupo de Ricardo Motta no PROS

Foto: Divulgação

No Rio Grande do Norte, o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) ficará nas mãos de um aliado do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB). O partido novo foi criado essa semana e é respaldado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As direções nos Estados ainda não estão disponíveis no sistema da Justiça Eleitoral, mas nos bastidores a direção nacional faz articulações.
E neste domingo (29), antes de viajar para Itália, Henrique recebeu o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta. Prego batido e ponta virada… Ricardo não mudará mais a opção partidária, caso uma mudança de cenário faça o deputado federal Betinho Rosado recusar o PP. A tendência do momento do grupo de Ricardo Motta é assinar a ficha do Pros. Pesa a favor, que nenhum parlamentar, prefeito, vice-prefeito, vereador vai perder o mandato para se filiar a nova sigla.
Debandada do PP Potiguar:
No Ceará, o governador Cid Gomes e o irmão dele, ex-ministro Ciro Gomes também vão assinar a ficha do recém-criado Pros. Pois no estado vizinho, a família Gomes deixou o PSB e levou quatro deputados federais, nove deputados estaduais, 38 prefeitos –incluindo o de Fortaleza, Roberto Cláudio– e 287 vereadores. O mesmo “modus operandi” será realizado no PP do Rio Grande do Norte. Uma debandada será realizada, depois que o deputado federal Betinho Rosado conseguiu de cima para baixo, tomar o PP das mãos do grupo de Ricardo Motta. É só aguardar os próximos dias…
O burburinho nesta semana que começa vai ser grande… aguardemos os desdobramentos !
Via Marcos Dantas