PF encontra R$ 23,6 mi em contas de amigo de Temer investigado por decreto

A Polícia Federal encontrou planilhas e extratos bancários que apontam cerca de R$ 20,6 milhões em contas de empresas do coronel aposentado João Baptista Lima Filho, amigo do presidente Michel Temer. Mais R$ 3,04 milhões estão em uma conta do próprio Lima.
A PF investiga a suposta atuação de Lima como um intermediário de propina do presidente da República.
O dinheiro está, de acordo com os documentos, em contas correntes e investimentos em nome do coronel (pessoa física), da PDA Projeto e Direção Arquitetônica LTDA e da PDA Administração e Participação LTDA.
Não há nenhuma menção nos papéis sobre a Argeplan, empresa mais conhecida de Lima, dona de diversos contratos milionários com o setor público ao longo dos últimos anos.
Em recente depoimento à PF, um contador do coronel, Almir Martins, disse só se recordar do faturamento líquido da Argeplan, que seria em torno de R$ 100 mil a R$ 200 mil anuais. Afirmou ainda que o patrimônio atualizado da empresa é de R$ 5 milhões.
BG

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Boas chuvas criam expectativa de 4ª sangria da Santa Cruz, em Apodi, no RN

JOVEM DE MARCELINO VIEIRA, NO RN FOI MORTA PELO MARIDO EM SÃO PAULO

Grave acidente na BR-405 entre Riacho de Santana e José da Penha foi registrado nesta manhã de segunda-feira